27
ago

0

Faculdade Cesvale inova e garante uma educação mais interativa e de qualidade aos alunos, através do uso da lousa digital

Considerando que uma das características da sociedade atual é o maior contato com as novas mídias, principalmente na juventude, a faculdade Cesvale atenta a isso e com o objetivo de oferecer um ensino de qualidade, bem como preparar o aluno para o mercado de trabalho, passou a contar com a Lousa Digital Interativa (LDI).

A Lousa Digital é um recurso multimídia interativo e versátil, de fácil adaptação a necessidade de cada turma. Com ela é possível fazer anotações escritas, ou ainda operar qualquer software que esteja em funcionamento, além disso pode apresentar e editar imagens, mostrar vídeos, navegar na internet e muito mais. Com esta ferramenta inovadora aulas tornam-se mais dinâmicas, interativas e produtivas, mantendo os alunos ainda mais atento, além de facilitar a aprendizagem colaborativa em sala de aula.

Para o professor Thiago do curso de Administração e Ciências Contábeis a lousa mudou a relação aluno e professor na faculdade. “As aulas tornaram-se mais interativas, passamos a usar o power-point e uma série de ilustrações, onde o aluno pode transformar a matéria apresentado na lousa em pdf, e com isso fazer anotações pelo próprio tablete ou smartphone, no Cesvale a atenção do aluno não fica mais dividida entre a anotação do caderno e o que o professor está escrevendo”, conta Tiago.

O professor também explica que a tecnologia vem a somar na vida acadêmica dos alunos. “Eles ficam mais empolgados. Vivemos em um mundo de muitas novidades e os alunos se interessam bastante. Com a lousa e o quadro expandido a atratividade do aluno pela aula é outra, principalmente nas aulas de cálculos, onde podemos ampliar as planilhas de custos e ter mais interação. As lousas são um diferencial e tanto”, disse.

Para o diretor acadêmico do Cesvale, Leonardo Airton, a interatividade ao invés da passividade do aluno diante da oratória do professor, é o caminho indicado para tornar o espaço acadêmico mais adequado à realidade atual. “A troca de conhecimento em sala de aula acontece através do diálogo. A relação entre professor e aluno, a metodologia e o material didático até auxiliam no processo de aprendizado, mas manter a atenção dos estudantes é sempre um desafio, sobretudo nos tempos em que as telinhas parecem ser mais atraentes que a lousa. Hoje o Cesvale não tem mais esse problema”, finalizou.